fbpx

Divulgação de relatório recupera cotações da soja em Chicago

De acordo com informações da Central Internacional de Análises Econômicas e de Estudos de Mercados Agropecuários — Ceema, o mercado da soja assistiu a uma importante recuperação das cotações em Chicago na semana passada. O fechamento na sexta-feira, 15 de julho, ficou em US$ 7,21/bushel, após US$ 7,23 na véspera. Este movimento de retomada se deve especialmente ao relatório do USDA, anunciado 12 de julho. O mesmo, se não surpreendeu ao manter, praticamente, a produção dos EUA projetada em 78,6 milhões de toneladas (uma redução de apenas 0,2% sobre o estimado em junho), trouxe a novidade de uma importante redução nos estoques finais dos EUA para 2005/06. Os mesmos ficaram agora em 5,71 milhões de toneladas para o novo ano comercial, representando um recuo de 17,6% em relação aos 6,9 milhões anunciados em junho, além de uma queda de 27,6% em relação ao que deverá ser efetivamente registrado no final do período 2004/05, que é 7,89 milhões de toneladas.

Um aumento nas exportações do grão e no esmagamento interno de soja estaria na origem desta redução. Nestas novas condições, o mercado projeta preços médios em Chicago, para este novo ano comercial, entre US$ 5,10 e US$ 6,10/bushel. O relatório igualmente indicou que a produção de farelo e óleo de soja nos EUA, no novo ano, será de 44,35 e 8,65 milhões de toneladas respectivamente. As exportações estadunidenses de farelo, para 2005/06, ficariam em 6,12 milhões de toneladas, enquanto as de óleo de soja chegariam a 703.000 toneladas. Ou seja, grande parte do que será produzido se direciona ao mercado interno.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X