fbpx

Dívida do setor sucroalcooleiro aumenta na safra 2011/2012

O setor sucroalcooleiro terminou a safra 2011/12 mais endividado e alavancado do que em períodos anteriores, de acordo com estudo divulgado pelo Itaú BBA em reunião da Câmara Setorial de Açúcar e Etanol do Ministério da Agricultura, realizada em Brasília. A dívida líquida do setor atingiu R$ 48 bilhões diante do aumento de custo de produção, em função da quebra da safra de cana-de-açúcar, falta de competitividade do etanol e maiores investimentos na recuperação de canaviais e mecanização. Apenas na safra 2011/12, que terminou em março, a dívida cresceu R$ 5 bilhões.

Segundo o documento, 18% dos grupos analisados do Centro-Sul precisam passar por um processo de fusão e aquisição para sobreviver. O estudo, apresentado pelo diretor comercial de Açúcar e Etanol do Itaú BBA, Alexandre Figliolino, mostra que a safra 2011/12 terminou com o setor apresentando uma dívida líquida de R$ 105 por tonelada de cana-de-açúcar, valor mais elevado que os R$ 86,8 registrados na safra 2008/09, momento de eclosão da crise financeira mundial e retração da oferta de recursos.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X