fbpx
JornalCana

Diana reforça compromisso ESG com certificação do mercado

A empresa levantou R$ 75 milhões com a emissão de debêntures verde

A Diana Bioenergia, que assegurou neste ano a emissão de debêntures verde na ordem de R$ 75 milhões, reforça seu compromisso com os princípios ESG. “Essa foi a quarta emissão desse título efetuada pela empresa e a primeira verde”, informou Leonardo de Freitas Perossi, diretor administrativo da usina.

Perossi lembrou que o setor já possui uma visão ESG bem forte, produzindo um combustível limpo, que diversos países estão começando a adotar para reduzir os gases efeito estufa, então, reforçar o compromisso com o ESG é sempre importante, ainda mais através de uma certificadora do mercado, isto é, com uma empresa independente.

“Iniciamos os trabalhos junto ao Santander e Itaú, em dezembro de 2020 e finalizamos em abril deste ano, junto aos bancos. Teve também a empresa Sitawi, que fez a auditoria do selo verde da operação, os escritórios Santos Neto e Monteiro Rusu”, afirmou o diretor.

LEIA MAIS > Pablo Di Si é eleito Personalidade do Ano no Prêmio MasterCana Brasil 2021
Leonardo de Freitas Perossi

Segundo Perossi, os recursos foram destinados para “a liquidação de algumas operações de curto prazo e custeio das nossas operações agrícolas-industriais”.

Na safra 2020/21 a Diana moeu mais de 1.375mm de toneladas, produziu mais de 115 mil tons de açúcar VHP e mais de 50 mil metros cúbicos de etanol hidratado, exportou 2,6 mil megawatt de energia e comercialização 55.409 mil CBIOS.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram