fbpx

Detran inicia campanha pela regularização de carros convertidos para álcool

A 15ª Circunscrição Regional de Trânsito —Ciretran, órgão do Departamento Estadual de Trânsito —Detran, divulga comunicado em que alerta os proprietários de veículos que promoveram a conversão dos motores de gasolina para álcool. Se a documentação não estiver regularizada, o veículo corre o risco de ser apreendido. O proprietário também terá de assumir o pagamento de multas.

O órgão, pertencente ao governo estadual, decidiu divulgar o comunicado por conta do aumento da conversão de motores do derivado de petróleo para o derivado da cana-de-açúcar. Estima-se que, em apenas Ribeirão Preto, no interior paulista, cerca de 50 oficinas mecânicas prestem o serviço de transformação.

O serviço de conversão chega a custar R$ 200, nos carros com injeção eletrônica, e a diferença do preço do etanol (médios R$ 0,78) em relação ao litro da gasolina (cerca de R$ 1,75) tem incentivado o mercado de conversões.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X