fbpx
JornalCana

Denusa vence primeira edição do Prêmio Produtividade com Modernidade IAC

A premiação avaliou 219 usinas, que respondem por 62% da produção de cana no país

A Usina Denusa Nova União, com sede no município de Jandaia no estado de Goiás foi a vencedora na categoria nacional do prêmio Prêmio Produtividade com Modernidade IAC, cuja premiação foi realizada na manhã desta quinta, dia 14, no Centro Avançado de Pesquisa e Desenvolvimento de Cana-de-Açúcar IAC, em Ribeirão Preto – SP.

Ao todo se inscreveram para participar da premiação 219 usinas, divididas em 11 regiões. O Prêmio tem o objetivo de identificar os produtores de cana que se destacam no setor sucroenergético pela produtividade e pela adoção de novas variedades de cana-de-açúcar desenvolvidas e liberadas pelo Programa Cana IAC e outros programas de melhoramento genético existentes no Brasil. Além de premiar as empresas mais eficientes, o trabalho de pesquisa realizado pelo IAC e que serviu de base para a premiação, contribui para identificar as usinas com maiores dificuldades e, buscar alternativas para ajudá-las a melhorar esses números.

LEIA MAIS > MasterCana 2023 premia os melhores do setor bioenergético

O Índice IAC de Produtividade com Modernidade (IIPM), referência para a classificação geral,  é elaborado a partir de dois fatores: toneladas de açúcar por hectare dos cinco primeiros cortes e a idade média das variedades plantadas (número de anos após a liberação varietal). Para isso, as usinas que participaram da pesquisa enviaram suas planilhas de produção e produtividade da safra 2022/23 e do Censo Varietal desta mesma safra.

Com um IIPM de 11,91 a Denusa-Nova União ficou com a primeira colocação na premiação. Ao receber o troféu, Pedro Abrahão Barbosa, gerente agrícola da unidade, enfatizou a participação de todos os colaboradores da usina. “É uma honra receber esse prêmio, levando em conta a transparência e seriedade da instituição que o organizou. Quero agradecer em especial a toda equipe da Denusa, com seus 1.200 colaboradores fazendo a coisa acontecer”.

O gerente de planejamento agrícola da Denusa, Antonio Carlos de Oliveira Júnior, destacou fatores fundamentais para elevar a produtividade da usina, que deve processar nesta safra 1,4 milhões de toneladas de cana. “ A qualidade operacional, fatores bióticos, nutrição solo/planta, fatores abióticos, qualificação e pesquisa, sem dúvida foram determinantes para que alcançássemos esse resultado”, destacou Oliveira.

LEIA MAIS > Projeto “Caminhos da Semente” promove expedição em São Paulo

Confira abaixo as vencedoras em cada uma das regiões pesquisadas:

1- Estados de MS e MT: Raízen Rio Brilhante

2- São Paulo/Região Ribeirão Preto: Raízen Santa Elisa

3- Alagoas: Carlos Lyra-Marituba

4- MG e ES: Balbo-Uberaba

5- Paraná: Maringá – Jacarezinho

6- SP/Região Araçatuba: Diana

7- SP/Região de Assis: Nova América-Tarumã

8- SP/Região de Jaú: Ferrari

9- SP/Região Piracicaba: Santa Maria

10- SP/Região de São José do Rio Preto: Irmãos Paro

11- GO e TO: Denusa-Nova União

set.23 – Prêmio mídia

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram