fbpx

Datagro: Moagem no CS atingirá 612 mi de toneladas na safra 2017/18

A consultoria Datagro calcula que o Centro-Sul deve processar 612 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2017/18, que será iniciada no final deste mês de março.

O resultado representa um acréscimo de 1,1% em relação a moagem da safra 2016/17, com previsão para totalizar 605,5 milhões de toneladas. Segundo Plínio Nastari, presidente da Datagro, o desenvolvimento dos canaviais não foi afetado pelo déficit hídrico observado nos primeiros meses do ano, pois a capacidade hídrica dos solos conseguiu atender a demanda da planta, assim a previsão de correto desenvolvimento dos canaviais reforça este acréscimo na moagem da próxima safra.

Nastari observa que usinas e grupos intensificaram as práticas agrícolas para garantir um correto desenvolvimento da cana-de-açúcar. “Até o momento os canaviais apresentam um desenvolvimento satisfatório, resultado da intensificação de tratos culturais que favorecem o correto crescimento da planta”.

No Nordeste, com safra 2016/17 quase encerrada, a previsão é de 45,7 milhões de toneladas para 2017/18. A região foi fortemente atingida pela seca e os reflexos serão sentidos no próximo ciclo produtivo.

O somatório das regiões Centro-Sul e Norte-Nordeste deve resultar em moagem total de 657 milhões de toneladas, crescimento de 0,9% em relação a safra 2016/17, com moagem final prevista pela consultoria em 651,20.

Produção no Centro-Sul

Moagem: Crescimento de 1,1%, totalizando 612 milhões de toneladas

Açúcar: Aumento de 3,3%, atingindo 36,8 milhões de toneladas.

Etanol: A produção de etanol – incluindo produção através do milho – deverá totalizar 25,31 bilhões de litros, queda de 1% em relação a 2016/17.

Mix produtivo: 47,4% da produção para o açúcar.

 

Produção Brasil

 

Moagem: Aumento de 0,9%, resultando em 657 milhões de toneladas.

Açúcar: Alta de 3,1% em relação à safra 2016/17, estimada em 39,9 milhões de toneladas,

Etanol: A fabricação de etanol (cana e milho) será 2,6% menor, atingindo 26,76 bilhões de litros.

Mix produtivo: 48% da matéria-prima será direcionada para o açúcar.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X