fbpx

Czarnikow recebe crédito “verde” para exportar açúcar brasileiro

Foi a primeira operação comercial envolvendo critérios sustentáveis

A Czarnikow acaba de concluiu o primeiro financiamento de uma operação comercial de açúcar com taxas atreladas a critérios sustentáveis, no total de US$ 16 milhões, para originação de 50 mil toneladas de açúcar da Usina Santa Terezinha.

Foi a primeira vez que um empréstimo “verde” a uma operação comercial de açúcar foi vinculado a critérios sustentáveis. O crédito foi concebido pelo OCBC Bank, com sede em Cingapura e exigiu o compromisso de sustentabilidade de toda a cadeia de suprimentos de açúcar até os consumidores finais, incluindo a transportadora China Navigation Company e a refinaria Central Sugars Refinery (CSR), da Malásia, responsável pela comercialização da commodity.

LEIA MAIS > Exportações brasileiras de açúcar aumentaram 91,5% em julho

As empresas envolvidas fazem parte do Programa Vive, criado pela Czarnikow e pela Intellync, em 2015 e que estabelece metas de sustentabilidade e social medidas por processo de pontuações.

Segundo Robin Cave, CEO da Czarnikow, o envolvimento de toda a cadeia que participa da comercialização do açúcar, garante transparência sobre a originação do produto e seus caminhos, uma demanda das indústrias de alimentos.

“Em conversas, clientes finais multinacionais interessados em sustentabilidade queriam garantir que o fornecimento dos ingredientes fosse correto, queriam controle da cadeia de fornecimento”, afirmou Cave, em entrevista ao Valor, comentando que nos próximos anos este tipo de financiamento será normal nos negócios.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

dezesseis − 10 =

X