JornalCana

Czarnikow estima excedente de produção global de açúcar na safra 2022/23

Aumento do mix de açúcar da região Centro-Sul do Brasil tem elevado o superávit

(Divulgação Czarnikow)

A Czarnikow, trading britânica de alimentos e serviços, informou nesta terça-feira (6), que estima um superávit de 3 milhões de toneladas de açúcar na safra 2022/23, com a previsão de produção de 180,2 milhões de toneladas do alimento em 2022/23, o mesmo volume que em 2021/22 e o segundo maior já registrado.

A estimativa para a produção do Centro-Sul do Brasil é de aumento em 500 mil toneladas, passando para 32,5 milhões devido aos preços mais baixos do etanol, fazendo com que as usinas priorizem o mix açucareiro e compensando assim, uma queda na produção de açúcar na safra 2022/23 da Tailândia.

LEIA MAIS > Usina Coruripe renova certificação da Fundação Abrinq

De acordo com a trading, em 2022/23, serão consumidos mais de 3 milhões de toneladas de açúcar ano a ano do que em 2021/22. “Isso se deve em parte ao fato de mais economias retornarem ao consumo pré-covid e ao aumento da população. O consumo na China também se recuperará em mais de 500 mil toneladas após a demanda diminuída pelos bloqueios da covid em 2021/22”, explica o analista Jay Kindred.

Segundo ele, o crescimento do consumo significa cerca de metade do tamanho do superávit observado em 2021/22, apesar da produção semelhante.

LEIA MAIS > Inteligência artificial aperfeiçoa manobras da produção de açúcar e etanol orgânico da Usina Goiasa

(Divulgação Czarnikow)

Atualização de produção da Tailândia

A Czarnikow afirmou ainda acreditar que a Tailândia produzirá cerca de 10,8 milhões de toneladas de açúcar na próxima temporada 2022/23, prevista para começar no quarto trimestre.

Isso representa um crescimento anual de 800 mil toneladas a partir de 2021/22 e um segundo ano de recuperação após o ano-safra de 2020/21 fortemente afetado pela seca.

“Até recentemente, havíamos previsto 11,3 milhões de toneladas devido ao aumento da área plantada de cana e boas chuvas nacionalmente, no entanto, após um recente tour de cultivo nas áreas de cana do nordeste, os agricultores relataram chuvas irregulares juntamente com um nível mais alto de ervas daninhas nos campos”, contou.

LEIA MAIS > Gerente de Novos Negócios do Grupo Pedra explica como fazer uma gestão industrial inteligente

Perspectivas ruins de beterraba nos EUA

A traiding informou também que a colheita de beterraba dos EUA deste ano será menor do que o esperado. O México exportará, portanto, mais açúcar para os EUA do que em anos anteriores.

“A chuva em setembro e outubro determinará o sucesso da safra mexicana de açúcar. Acreditamos que o México produzirá aproximadamente 6 milhões de toneladas de açúcar na temporada 2022/23. Isso é 200 mil toneladas a menos do que na temporada passada devido às atuais condições secas no México que afetam os rendimentos”, afirmou o analista Adrian Torrebiarte.

No entanto, completou ele, “esta continua sendo uma boa safra para o México, garantindo abastecimento adequado ao mercado interno e fluxos de exportação”.

LEIA MAIS > Bevap Bioenergia alcança economia de 18% no consumo da cal na produção de açúcar cristal

Para o balanço mexicano isso significa 4,5 milhões de toneladas de açúcar para consumo interno; 1,5 milhão de toneladas de açúcar para exportação para os Estados Unidos e 150.000 toneladas métricas de açúcar para exportação para o mercado mundial.

A outra mudança notável para o México é o aumento da cota prevista para os EUA. “Acreditamos que as exportações mexicanas de açúcar para os EUA podem chegar a 1,5 milhão de toneladas, em comparação com 878 mil toneladas na temporada anterior”, disse Torrebiarte.

A principal razão para o aumento da cota é o atraso no plantio de beterraba americana em vários estados do norte devido ao clima frio e umidade excessiva. “O Departamento de Agricultura dos EUA reduziu a oferta de açúcar projetada para 2022/23 nos EUA em 275.000 toneladas como resultado do mau tempo”, ressaltou.

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram