fbpx
JornalCana

Custos operacionais de usina de Goiás passam de R$ 149 milhões

ustoA companhia sucroenergética Floresta S. A. Açúcar e Álcool, com unidade em Santo Antonio da Barra (GO), registrou custos operacionais de R$ 149,863 no exercício social de 2015. O montante supera em 13,5% os R$ 129,548 milhões dos custos operacionais do exercício do ano anterior.

Presidida por Sergino Ribeiro de Mendonça Neto, a Floresta integra o grupo Vale do Verdão S. A., com outras duas unidades sucroenergéticas no estado de Goiás.

Conforme o relatório da diretoria recém-divulgado, a Floresta apurou lucro de R$ 8,764 milhões no exercício encerrado em 31 de dezembro passado. No exercício de 2014, o lucro foi de R$ 65,513 milhões.

A diferença do montante do lucro entre um exercício e outro é explicada pela redução do lucro operacional. Em 2015, esse resultado ficou em R$ 12,374 milhões. Já em 2014 totalizou R$ 72,358 milhões.

Leia também: 6 resultados financeiros da Vale do Verdão 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram