fbpx

CTC altera locais de cultivo de cana transgênica

O Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) obteve aval da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) para alterar locais de cultivo de cana-de-açúcar geneticamente modificada.

Segundo parecer técnico aprovado por Edivaldo Domingues Velini, presidente do CTNBio, a empresa de pesquisas, que tem entre os sócios a Copersucar e a Raízen, está liberada para alterar o plantio experimental de cana transgênica. Ela também exclui as localidades de Caçu (GO) e Terra Rica (PR).

Com a exclusão das duas localidades, o CTC reduz a área total de liberação planejada, a qual passa de 94,14 hectares para 81,76 hectares. Segundo a empresa, a área destinada a cana geneticamente modificada passa de 57,42 hectares para 50,68 hectares.

Clique aqui para ler a primeira parte do extrato da CTNBio. E, aqui, para ler a segunda parte do documento.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X