fbpx

Cresce escoamento de açúcar por Paranaguá

O forte crescimento da produção de cana-de-açúcar no estado do Paraná já muda a estrutura logística do porto de Paranaguá, que escoa a maior parte da produção do complexo soja e grãos do país. O porto é cada vez mais utilizado também para o embarque de açúcar, o que tem feito com que muitos terminais portuários se adaptem para o embarque do produto.

Em julho, os embarques de açúcar pelo porto de Paranaguá cresceram 95% em relação a igual período de 2008. No porto de Santos, o crescimento no mesmo período foi de 51,2%. Embora em Santos os embarques sejam expressivamente superiores aos de Paranaguá, esse crescimento reflete a busca de novos caminhos para o embarque de açúcar. “Na ponta do lápis, embarcar por Paranaguá tem se mostrado mais barato não apenas para o produto feito no Paraná, mas também para o açúcar produzido em Mato Grosso do Sul e no noroeste do Estado de São Paulo”, explica Antonio! Pádua Rodrigues, diretor técnico da União da Indústria da Cana de Açúcar (Unica).

O superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Daniel Oliveira de Souza, explica que a maior participação do açúcar está trazendo mudanças logísticas no embarque. “Estamos autorizando a exportação de açúcar também pelo corredor de grãos, o que abre novas frentes para o produto em Paranaguá”, explica. Segundo Souza, o açúcar é a commodity que tem apresentado maior crescimento na participação dos produtos escoados no porto e o único terminal de açúcar de Paranaguá, o Paraná Operações Portuárias (PASA), não está conseguindo embarcar todo o volume.

O executivo diz que essa maior demanda vai levar a uma remodelação do cais no médio prazo, com a construção de um novo berço de atracação e embarque para açúcar.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X