fbpx

Cotação do açúcar sobe 3,9% em NY

Com o vencimento dos contratos de julho, fundos rolam suas posições. Em mais um dia de alta na Bolsa de Nova York, a cotação do açúcar chegou a 16,19 centavos de dólar por libra-peso nos contratos para outubro, com um aumento de 3,92% sobre terça-feira. A rolagem de contratos para julho, a subida do índice CRB (Commodity Research Bureau) e a intenção de compra por países como Rússia formaram o cenário de apoio à subida do produto.

Segundo analistas, perto do vencimento dos contratos de julho, houve muita rolagem de posições pelos fundos.

Além disso, o açúcar se apoiou na subida do índice CRB e em outras commoditties, cujos preços também subiram. Uma perspectiva de seca em regiões produtoras de São Paulo, que interferiria na produtividade, também ajudou.

O analista da Safras & Mercado, Gil Barabach, explica: “Rússia, Bangladesh e Venezuela demonstraram intenção de compra. Isso também foi um fator de alta”, disse.

Trigo

Os preços do trigo subiram pelo segundo dia em Chicago. Ontem os contratos para setembro chegaram a 389,25 centavos de dólar por libra-peso (US$ 8,58 por saca). Valorização de 1,17%.

Houve novas demandas para o grão. “Os estoques de trigo americanos estão em níveis baixos, os menores em 11 anos, o que anima o mercado”, disse o analista da Cerealpar, Steve Cachia.

Milho

Os preços do milho voltaram a subir na Bolsa de Chicago. Os contratos de setembro fecharam em 244,25 centavos de dólar por bushel (US$ 5,77 por saca), alta de 1,24%. Esta subida foi atribuída à compras técnicas que aproveitaram as cotações em níveis muito baixos.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X