JornalCana

Conta de luz sobe na Paraíba, Piauí, Maranhão e Alagoas

A partir de amanhã a energia fornecida por quatro distribuidoras do Nordeste ficará mais cara. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) autorizou hoje o aumento de 14% para as tarifas da Saelpa (PB), de 14,09% para a Cepisa (PI), de 13,57% para a Cemar (MA) e de 14,25% para a Ceal (AL).

A Agência informou que os índices solicitados pelas distribuidoras foram de 13,74% pela Saelpa, 14,67% pela Cepisa, de 12,01% pela Cemar e de 15,37% pela Ceal. A explicação para a Agência ter autorizado índices maiores do que os solicitados se deve à variação cambial ocorrida entre a data em que os pedidos de reajuste foram protocolados e a homologação das tarifas.

Para calcular o reajuste, a Aneel considera a variação de custos que as empresas tiveram nos últimos doze meses. A fórmula aplicada inclui custos não gerenciáveis (energia comprada de geradoras, Conta de Consumo Combustível (CCC), Reserva Global de Reversão (RGR), taxa de fiscalização e encargos de transmissão); e custos gerenciáveis, sobre os quais incide o IGP-M.

A Saelpa fornece energia para 780,8 mil unidades consumidores em 217 municípios da Paraíba, a Cepisa, 614,5 mil unidades em 221 municípios do Piauí, a Cemar para 1,04 milhão de unidades consumidoras em 217 municípios do Maranhão e a Ceal a 599 mil unidades em 104 municípios de Alagoas. (Folha de SP)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram