fbpx

Consultorias refazem projeções para a safra 16/17. Quem acerta?

duA Canaplan divulga nesta sexta-feira (21/10), em Ribeirão Preto, sua reavaliação sobre a safra de cana-de-açúcar 2016/17. É a terceira consultoria especializada do setor sucroenergético a divulgar novas análises sobre o comportamento da safra em andamento e que, na região Centro-Sul, já foi encerrada em pelo menos 13 usinas. 

Entre profissionais do setor sucroenergético, a pergunta é: quem, entre as consultorias, deverá apresentar previsão mais acertada?

Em 11/10, a Archer Consulting revisou a estimativa para a safra 16/17. Segundo o diretor da consultoria, Arnaldo Luiz Corrêa, a moagem no Centro-Sul, inicialmente prevista em 618,5 milhões de toneladas de cana, deverá ficar em 603 milhões. 

Conforme o executivo, a revisão deve-se “à queda no rendimento agrícola e a percepção geral do mercado de que haverá um final abrupto do ritmo de produção.”

Leia também: Archer cita menor rendimento e corta previsão de moagem 

Já em 17/10, foi a vez da consultoria Datagro apresentar números para a safra 16/17. Conforme o presidente da empresa, Plínio Nastari, a moagem não deverá ultrapassar 597 milhões de toneladas de cana. 

No fim de setembro, a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) havia divulgado que moagem deveria ficar menor em relação às moagem prevista em abril de entre 605 e 630 milhões de toneladas. 

As revisões da safra 16/17, a serem divulgadas nesta sexta-feira por Luiz Carlos Corrêa Carvalho, o Caio, presidente da Canaplan, são aguardadas com ansiedade. No fim de junho, ele mantinha as previsões iniciais, feitas em abril, de que a moagem na temporada em andamento seria 6% menor em relação a safra 15/16, de 580 milhões de toneladas no Centro-Sul. 

Leia também: Unica projeta queda na próxima safra do Centro-Sul 

                               Datagro revisa números sobre déficit mundial de açúcar

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X