fbpx

Conheça detalhes aplicados na transformação digital da Atvos

Quem mostra é o gerente de TI Corporativo do grupo

Transformação digital potencializa resultados da Atvos

A transformação digital já está presente na Atvos e deve potencializar ainda mais seus resultados. Em junho desse ano, o site do JornalCana informou que o grupo encerrou a safra 2019/20 com resultados significativos. De acordo com informações divulgadas pela companhia, foram 26,9 milhões de toneladas de cana-de-açúcar moídas, equivalente a 1% em comparação com à safra anterior. A empresa também produziu 2 bilhões de litros de etanol (hidratado e anidro). Além disso, fabricou 235 mil toneladas de açúcar VHP. Em relação a cogeração de energia elétrica a partir da biomassa, o grupo gerou 2,8 mil GWh. 

DESTAQUE > 3 gestores de usinas apresentam suas estratégias de transformação digital

Quanto à receita líquida, fechou com R$ 4,5 bilhões, um crescimento de 6% em relação à safra de 2018/19. O Ebitda ajustado de R$ 1,5 bilhão foi 2% superior ao registrado no ciclo anterior e a margem bruta alcançou R$ 246 milhões ante os R$ 177 milhões do ciclo antecessor.

SAIBA MAIS > Usina 4.0: Santa Lúcia otimiza sua cogeração em tempo real

Pelos resultados mais recentes que a Atvos obteve, concluí-se portanto, que a rentabilidade passa por uma série de melhorias nos processos graças a transformação digital que vem sendo implementada nas unidades. Alexandre Maganhato, gerente de TI Corporativo do grupo, destaca algumas delas. “Possuímos Chatbot/IA; RPA; SAP Cloud Platform para aplicativos móbile”, elenca o gerente de TI Corporativo.

Indicadores na palma da mão
Maganhato, da Atvos

Além disso, ele inclui que há um Centro de Planejamento Agrícola Centralizado, com CFTV, Rádio, indicadores de moagem e produção de hora em hora. Fora isso, também é feita uma distribuição dos indicadores, que chega diretamente nos celulares dos líderes (Kaizala) e um BW para diversas áreas. “Sendo que os usuários tem liberdade para criar seus relatórios/indicadores usando Power BI”, explica Maganhato.

LEIA MAIS > Cinco cases que comprovam a eficiência de uma usina 4.0

O gerente de IT Corporativo da Atvos mostrará os detalhes mais relevantes sobre o uso dessas aplicações durante a Quarta Estratégica do JornalCana que reuniu um time de gestores de usinas para tratar sobre A Transformação Digital como Estratégia para a Competitividade e Rentabilidade das Usinas. No evento online, foram debatidos temas como: Inteligência Artificial; Big Data; Capacitação de Pessoas; Sistemas Inteligentes e Tecnologias Habilitadoras.

Assista o vídeo completo:
Patrocínio:
  • Dimastec –  Conheça a solução DT Faceum | Dimastec via App com reconhecimento facial e IA. Um revolucionário aplicativo que leva mobilidade à marcação do ponto onde quer que o colaborador esteja. DT Faceum é mobilidade total.
  • HB Saúde – Humanização e Tecnologia em Saúde
  • GDT by Pró-Usinas– Reduza os custos e o riscos na gestão de terceiros da sua usina! A Pró-Usinas traz com exclusividade o software GDT de Gestão de Documentação de Terceiros, completo e aprovado em 3 grupos e usinas brasileiras.
  •  S-PAA Soteica – Software de RTO que maximiza a cogeração e a eficiência industrial, gerando ganhos superiores a R$ 1/tc em mais de 40 usinas instaladas. Saiba mais no site www.usina40.com.br

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

doze + dez =

X