fbpx

Conab indica moagem 2 milhões de toneladas acima da projeção da UNICA

Diferença de processamento da cana é na safra 2018/19

575,151 milhões de toneladas de cana ou 573,072 milhões de toneladas de cana?

Os primeiros números são de estimativa da moagem final da safra 2018/19 no Centro-Sul apresentados pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Já os 573 milhões são da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), representante do setor sucroenergético nos estados da região Centro-Sul do País.

A diferença de moagem em favor do levantamento da empresa pública é de 2,079 milhões de toneladas.

 

Fonte: Conab

 

Qual o peso dessas 2,079 milhões de toneladas?

Essas 2,079 milhões de toneladas de cana apuradas pela Conab representam a moagem de uma unidade produtora de médio porte do estado de São Paulo.

 

E qual foi a moagem em todo o País?

Segundo a Conab, a moagem de cana em todo o País na 18/19 foi de 625,2 milhões de toneladas, apresentando redução de 1,3% em relação à anterior de 633,26 milhões de t.

No caso da produção de açúcar, esta atingiu 31,35 milhões de t, um decréscimo de 17,2% ou 6,5 milhões de t, se comparado à temporada passada.

A área colhida ficou em 8,59 milhões de hectares, o que representa uma diminuição de 1,6% se comparada a 2017/18.

A fabricação de biocombustível alcançou 33,58 bilhões de litros, destaca a Conab.

Esse volume representa incremento de 23,3% ou 6,3 bilhões de litros em relação ao exercício passado.

Divididos, os 33,58 bilhões ficam assim: a produção de hidratado pelas usinas do País alcançou 22,99 bilhões de litros, alta de 41,5% ou 6,7 bilhões de litros em comparação com o ciclo anterior.

Já a produção de anidro, utilizado na mistura com a gasolina, apresentou redução de 3,7%, alcançando 10,59 bilhões de litros.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X