JornalCana

Combustíveis sobem menos que o esperado

A gasolina subiu em média 1,8% nas bombas dos postos, segundo dados do primeiro levantamento de preços da ANP (Agência Nacional do Petróleo) realizado depois do reajuste do produto na refinaria, na semana passada. O aumento do diesel nos postos foi de 2,3%.

A gasolina teve alta de 10,8% nas refinarias da Petrobras no dia 14 deste mês. O diesel subiu 10,6%.

A média dos reajustes foi menor do que previam tanto a Petrobras como a Fecombustíveis (Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes). Ambas haviam estimado uma alta de 4,5% no preço da gasolina ao consumidor, se as margens de lucro das distribuidoras e dos revendedores e o preço do álcool (misturado em 25% à gasolina) fossem mantidos. Para o diesel, a expectativa da estatal era um aumento ao consumidor de 6,4%.

O preço médio nacional da gasolina vendida nos postos passou de R$ 2,005 na semana de 6 a 12 de junho para R$ 2,042 o litro no período de 13 a 19 de junho. O diesel aumentou de R$ 1,390 para R$ 1,422 o litro.

Embora a pesquisa tenha abrangido uma semana completa após o reajuste, especialistas do setor afirmam que o repasse pode não ter sido ainda totalmente captado. Isso porque as distribuidoras tinham estoques antigos com preços mais baixos. Por isso, os próximos levantamentos ainda devem revelar novos aumentos.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram