Combustíveis renováveis terão 40% do mercado mundial em 2050

A participação mundial dos combustíveis renováveis saltará de atuais 15% para 40% em 2050, mas os combustíveis fósseis continuarão maioria, com 60% de participação.

As previsões estão em levantamento da Organização para Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) apresentado durante o Global Agribusiness Forum (GAF) 2018 nesta segunda-feira (23/07) na capital paulista.

O trabalho foi apresentado no evento, que é realizado pela consultoria Datagro, durante apresentação de Alan Jorge Bojanic, representante da FAO no Brasil.

Leia também: Manejo para produtividade do canavial é tema de palestra

Segundo ele, apesar de os combustíveis renováveis perderem em participação para os fósseis, o crescimento dos primeiros – entre eles o etanol – acompanhará o avanço da população.

O estudo da FAO revela que em 2050 a população mundial alcançará 9,8 bilhões de habitantes, ante os atuais 7,6 bilhões de habitantes.

Durante sua apresentação no GAF 2018, o representante da FAO relatou que para atender à população mundial estimada em 2050 será preciso ampliar em 1 bilhão de toneladas de grãos a oferta atual.

O volume de carne também terá praticamente de dobrar de atuais 258 milhões de toneladas para 455 milhões de toneladas.

“O Brasil tem papel central”, afirmou Bojanic.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X