fbpx

Com nova queda, valor do MWh no spot equivale ao preço de uma tonelada de cana

O bagaço integra as matérias-primas da biomassa da cana para gerar eletricidade

Vender um megawatt-hora (MWh) no mercado spot equivale ao preço médio de uma tonelada de bagaço de cana-de-açúcar.

Enquanto uma tonelada de biomassa comprada na unidade produtora do estado de São Paulo sai por médios R$ 100, o MWh comercializado no spot não passa de R$ 100,64.

Diante essa situação, agentes de mercado consultados pelo JornalCana afirmam não compensar uma unidade sucroenergética adquirir biomassa de cana a R$ 100/tonelada para vender o MWh pelo mesmo valor.

“Já para a unidade que possui biomassa estocada, compensa cogerar e ir ao spot para reforçar o caixa”, diz agente.

Liquidação

O valor médio do MWh é informado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) por meio do Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), indicador também usado para determinar quanto vale um MWh no spot.

Cotado uma vez por semana, o PLD entre 28/01 e 03/02 vale R$ 104,64/MWh nos submercados (regiões) Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Norte do país. O valor atual é 23% inferior ao da semana anterior, quando valia R$ 129,90/MWh.

Já no Nordeste, o PLD vigente vale R$ 171,33/MWh, alta de 23% sobre a semana anterior. Mas no Nordeste as unidades sucroenergéticas não têm a mesma tradição das unidades do Centro-Sul em comercializar eletricidade cogerada no spot.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X