fbpx
JornalCana

Com mercado ainda lento, preços do etanol recuam em SP

Ritmo das negociações de açúcar também seguem calmos

O mercado de etanol esteve lento no spot paulista ao longo da semana passada. De acordo com pesquisadores do Cepea, o desaquecimento das vendas nas bombas, mesmo com a relação favorável ao biocombustível, ainda vem deixando distribuidoras cautelosas em negociar.

Do lado das usinas, algumas unidades seguiram entregando o produto comercializado anteriormente no spot e por meio de contratos. No entanto, outras aceleraram suas vendas, temendo novos recuos de preços com o avanço da moagem.

Assim, entre 13 e 17 de junho, o Indicador CEPEA/ESALQ semanal do hidratado do estado de São Paulo foi de R$ 3,0116/litro, queda de 2,35% frente ao do período anterior.

No caso do anidro, houve redução de 1,31%, com o Indicador CEPEA/ESALQ fechando em R$ 3,5270/litro. Para as próximas semanas, pesquisadores do Cepea indicam que agentes do setor devem se atentar ao possível aumento da competividade do etanol frente ao combustível fóssil, tendo em vista as novas elevações, por parte da Petrobras, nos preços da gasolina e do diesel nas refinarias.

LEIA MAIS > Limite de ICMS pode aumentar a porcentagem do mix de produção de açúcar

O cenário é o mesmo para o açúcar, com ritmo das negociações seguindo calmo no mercado spot do estado de São Paulo, e os preços, enfraquecidos.

Segundo pesquisadores do Cepea, ao longo da última semana, especialmente devido ao feriado da quinta-feira, 16 (Corpus Christi), o número de negócios foi menor. De 13 a 20 de junho, o Indicador CEPEA/ESALQ do açúcar cristal, cor Icumsa de 130 a 180, recuou 0,78%, fechando a R$ 126,33/saca de 50 kg na segunda-feira, 20.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram