fbpx

Com mais cana, usinas da Atvos deverão moer 27 milhões de toneladas

Moagem crescerá em 300 mil toneladas

Foto: Divulgação/Atvos

A Atvos deverá disponibilizar 27 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2019/20.

A oferta de matéria-prima é para as oito unidades produtoras localizadas em polos em quatro estados.

A estimativa de 27 milhões de toneladas é 300 mil toneladas acima da moagem de 26,7 milhões de toneladas da temporada anterior.

A capacidade instalada das unidades da Atvos é de 36 milhões de toneladas, segundo a empresa.

Qual a previsão de produção da Atvos?

A previsão de produção da companhia é de mix mais alcooleiro. Conforme a empresa, as 27 milhões de toneladas são suficientes para produzir 2,1 bilhões de litros de biocombustível.

A projeção de 2,1 bilhões de litros supera a da safra anterior?

Sim, na temporada anterior, as unidades da Atvos produziram 2,08 bilhões de litros.

 

E açúcar? Qual é a meta de produção?

A Atvos destaca que com a oferta de cana na 19/20 tem o suficiente para fazer 237 mil toneladas de açúcar.

E como foi a produção de açúcar na safra 18/19? A empresa relata ter produzido 212 mil toneladas de açúcar VHP.

E a bioeletricidade?

Na 19/20, a Atvos produziu 2,82 mil gigawatts-hora (GWh) de energia a partir da biomassa.

 

Mais sobre desempenhos 

Na safra 18/19, o teor médio de Açúcar Total Recuperável (ATR) das unidades da Atvos foi de 132 quilos por hectare (kg/ha).

Esse teor médio de ATR foi 2% superior ao obtido na safra 2017/18, segundo Celso Ferreira, vice-presidente de Operações e Engenharia da empresa.

Segundo a Atvos, a eficiência industrial também apresentou melhorias. O Recuperado Total Corrigido (RTC) registrado pela empresa na safra foi de 93,9%.

O resultado reflete os esforços e investimentos realizados na manutenção preventiva, regulagem dos equipamentos e qualificação dos profissionais.

Entre áreas próprias e de parceiros (que somam 30% do total da cana), a empresa encerrou a safra com plantio de 71 mil hectares, 83% dos quais voltados à renovação.

Ao longo de 2019, a empresa anuncia que deve investir R$ 600 milhões em renovação e expansão de canaviais, equipamentos agrícolas e aprimoramentos industriais.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X