fbpx

Com etanol na mira, produção de açúcar indiano será menor

Estimativa é da Isma divulgada nesta sexta-feira (26)

Produção de açúcar indiano deve aumentar 12%

A produção de açúcar na Índia para a safra 2020/21, que vai de outubro/20 a setembro/21, deve ser de 30,5 milhões de toneladas, segundo estimativa da Associação Indiana das Usinas de Açúcar (Isma, na sigla em inglês). O volume deverá ser 12% a mais do que será produzido na safra 2019/20 (27,2 milhões de toneladas).

Em comunicado enviado à imprensa, a associação divulgou que a estimativa inicial para a produção do adoçante indiano era de 32,013 milhões de toneladas, com ocorrência de chuvas normais e outras condições ótimas de colheita. Mas diante do desvio de melaço para a produção de etanol, a produção não deverá alcançar este volume.

LEIA MAIS > Recordes marcam início da safra da SJC Bioenergia

A entidade afirmou que a área total de cana-de-açúcar no país na safra de 2020-21, deverá aumentar cerca de 8% em comparação à temporada passada, principalmente por expansão nos estados de Maharashtra e Karnakata.

Segundo a Isma, Maharashtra deve produzir 10,13 milhões de toneladas, versus 6,16 milhões de toneladas neste ano, diante de uma expansão de cerca de 43% na área cultivada. Já Karnataka deve aumentar cerca de 15% sua área cultivada, produzindo 4,313 milhões de toneladas, diante das projeções para a safra 2019/20, de 3,420 milhões de toneladas.

As exportações devem atingir recorde de 5,2 milhões de toneladas durante a temporada e deve continuar exportando cerca de 6 milhões a 7 milhões de toneladas do excedente de açúcar, segundo a Isma, que discutiu as projeções foram discutidas em reunião nesta quinta-feira (25), em uma reunião com os principais produtores da commodity no país.

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

quinze − 13 =

X