fbpx

Jalles Machado traça alternativas para operar com plena capacidade

cultoecumenicoUOL

A Usina Jalles Machado e a Unidade Otávio Lage iniciaram, esta semana, a Safra 2014/15 com estimativa de moagem de 4,3 milhões de toneladas de cana. As empresas pretendem alcançar plena capacidade e produzir 236 milhões de litros de etanol, fabricar 4 milhões de sacas de açúcar e gerar 303 mil MWh de energia elétrica de abril a novembro deste ano. Apesar da crise que o setor sucroenergético enfrenta, a empresa espera ter uma boa safra. “Diante desse cenário de crise, nós temos procurado alternativas. Este ano, vamos conseguir operar com a capacidade plena nas duas unidades, reduzindo custos”, afirma o diretor-presidente Otávio Lage de Siqueira Filho.

Ele também ressalta o comprometimento de toda a equipe na busca por melhores resultados. “No último ano, toda a nossa equipe se empenhou bastante e conseguimos preparar bem o canavial para esta safra, inclusive com a renovação de muitas áreas. As condições climáticas foram favoráveis para a cana e realizamos investimos em algumas tecnologias e inovações. Com isso, é esperado um aumento na produtividade. As manutenções de entressafra também foram feitas conforme o planejado. Assim, apesar das inúmeras dificuldades, esperamos que seja uma safra com melhores resultados do que a anterior”, lembra.

O gestor ressalta que o setor enfrenta um momento difícil, principalmente devido à falta de políticas governamentais de incentivo à produção e comercialização do etanol, que também reflete nos preços do açúcar. “Nos últimos anos, infelizmente muitas usinas não conseguiram se manter em operação e várias estão em dificuldades”.

Jalles Machado

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X