JornalCana

Com bandeira da prevenção, São Martinho reduz acidentes em usinas

Uma das maiores referências no setor sucroenergético, o Grupo São Martinho, possui números grandiosos não somente em sua produção. Composto por mais de 13 mil funcionários, que atendem a quatro usinas e com mais de 300 mil hectares de canaviais, o grupo foi capaz de reduzir em até 87% a taxa de gravidade na safra 2014/15. O trabalho foi iniciado muito antes das moendas começarem a esmagar a cana.

Segundo Nilton César de Brito, gerente de saúde e segurança do trabalho corporativo do Grupo São Martinho, é preciso incorporar o entendimento da segurança como um dos processos necessários para a produção, pois sem segurança ao colaborador nenhuma atividade deve ser realizada. “Qualquer projeto realizado numa indústria deve incluir em seu escopo normas relativas à segurança e saúde. Do contrário, a atividade não poderá ser executada até que a equipe responsável aprove ou modifique determinadas barreiras à segurança dos operadores”.

Brito coordena uma equipe composta por 107 profissionais, dedicados exclusivamente ao planejamento e execução de medidas de prevenção e segurança aos milhares de colaboradores do grupo. O gerente comprovou que é possível criar no ambiente de uma empresa a consciência da saúde ocupacional, e esta refletir positivamente na redução de incidência de acidentes. Durante a safra 2014/15 a taxa de gravidade caiu de 943 para 119.

Para ler a matéria completa clique aqui.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram