fbpx

Colheita paulista será monitorada “on line”

img1191

O Inpe – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais vai monitorar a colheita de cana de açúcar em São Paulo por um site na internet. O projeto mapeia a área cultivada e monitora a colheita por meio de imagens de satélite. O site (www.dsr.inpe.br/laf/canacrua) permitirá monitoramento e fiscalização da queima da palha da cana.

Na safra de 2010/2011, 65% da colheita no estado foi feita de forma mecanizada. Um dos motivos para a falta de mecanização em todas as áreas é o relevo acidentado e também, os altos investimentos em colhedoras, que custam em torno de R$ 1 milhão, segundo especialistas da área.

De acordo com o site, o mapeamento é realizado anualmente, tendo como base as áreas disponíveis para colheita, delimitadas pelo Projeto Canasat, e imagens obtidas pelos satélites Landsat, CBERS e Resourcesat-I, disponibilizadas gratuitamente pelo INPE/DGI. O processamento e a interpretação das imagens são realizados no software Spring. 

Segundo o Inpe, São Paulo corresponde a mais da metade da área plantada de cana-de-açúcar. O monitoramento inclui ainda os estados do Paraná, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Na última safra, a área plantada nestes estados chegou a 8,659 milhões de hectares.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X