fbpx
JornalCana

Cocal e Raízen vão operar em parceria planta de energia elétrica a partir do biogás

Unidade representa modelo inédito de geração distribuída com capacidade para gerar até 35 mil MWh/ano

Localizada dentro da área de biogás da Cocal em Narandiba -SP, a nova planta de energia elétrica é voltada para consumidores de Geração Distribuída, uma ótima opção para pequenos e médios estabelecimentos comerciais da região que buscam reduzir impactos ambientais e custos. A planta inicia a operação no final desse mês e o consórcio Cocal / Raízen ficará responsável pela administração e rateio dos créditos energéticos.

“Nossa nova planta é positiva tanto no aspecto ambiental, com uma energia de fonte limpa e renovável, quanto no financeiro. Ela está conectada diretamente à rede de distribuição local, isso beneficiará o setor elétrico ao diminuir o carregamento da rede e com maior eficiência energética, além de adiar a necessidade de investimentos em expansão dos sistemas de transmissão e distribuição”, afirma o diretor de novos negócios da Cocal, André Gustavo Alves.

LEIA MAIS > Grupo Novo Milênio avança no processo de transformação digital com implementações no controle de vapor e moenda

“E os pequenos e médios empresários locais que entrarem no nosso consórcio receberão uma conta mais barata porque vamos evitar as perdas elétricas decorrentes de longos transportes que, lá na frente, seriam adicionadas na tarifa final”, completa Alves.

A capacidade da planta é de gerar até 35.000 MWh / ano, geração suficiente para atender 660 unidades consumidoras (considerando 53MWh / ano de consumo médio), deixando de emitir anualmente mais de 14 mil ton CO2. O biogás é produzido a partir de resíduos da cana-de-açúcar (vinhaça e torta de filtro) e, nessa parceria, a Cocal fica responsável pela produção da energia elétrica proveniente do biogás e a Raízen pela gestão do consórcio e distribuição da energia. A expectativa é que a operação da planta seja de 100% e já com  60% da energia vendida para os clientes do consórcio no mês que vem (junho /22).

Segundo a Raízen, a parceria fortalece sua estratégia de se tornar um one stop shop de soluções em energia, com produtos e soluções em geração distribuída e comercialização de energia no mercado livre, eficiência energética, certificados de energia renovável e mobilidade elétrica, pautados pela sustentabilidade de fontes limpas e renováveis. “Esta parceria reforça nosso compromisso com a transição energética ao oferecer um portfólio amplo em soluções de energia renovável para todo o mercado, atendendo a diferentes desafios e necessidades dos nossos clientes com eficiência e sustentabilidade”, diz Frederico Saliba, vice-presidente de Energia e Renováveis da Raízen.

LEIA MAIS > Produção de açúcar no Centro-Sul na primeira quinzena de maio deve cair 30%

“Temos a ambição de sermos a maior comercializadora de energia renovável do país e parcerias estratégicas nos permitem acelerar a expansão e ampliar a cobertura para novas regiões”, finaliza o executivo.

Geração Distribuída

Segundo o INEE (Instituto Nacional de Eficiência Energética), geração distribuída é o termo empregado para designar a geração elétrica realizada junto ou próxima dos consumidores. A publicação das resoluções normativas da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) permitiu que os consumidores produzam sua energia elétrica, de fontes renováveis, e ainda passem o excedente para a rede de distribuição da sua localidade.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram