fbpx

Clima heterogêneo de verão compromete safra de cana

img10069

As variáveis climáticas de 2014 podem comprometer a próxima safra do Centro-Sul pois a matéria-prima está sofrendo com o clima heterogêneo, que aponta pancadas de chuvas isoladas. Em uma mesma área na usina é possível encontrar momentos de chuva e sol, simultâneos. A informação é do pesquisador Maximiliano Scarpari, do Centro de Cana do IAC, de Ribeirão Preto (SP) .

“No último trimestre do ano, o cenário climático apontava para um futuro déficit hídrico mas em janeiro, com as chuvas de verão, o cenário climático se tornou heterogêneo com pancadas isoladas em áreas próximas com distâncias entre cinco a 10 km”, lembra Maximiliano Scarpari, pesquisador do Centro de Cana do IAC, em Ribeirão Preto/SP.

Ele explica das últimas oito safras, cinco delas sofreram com os cenários extremos. “O sol durante o dia e as chuvas no entardecer são muito bons para a cana, mas nem sempre foi assim. Houve uma insolação alta em janeiro, cuja média esperada foi de 6 a 6,5 horas de brilho solar, contra a média registrada de 10,5 horas de brilho solar naquele mês”, lembra.

Segundo Scarpari, em locais que choveu a média e atendeu a demanda hídrica, a produtividade foi muito boa, mas do contrário, o cenário estará comprometido. “Em locais que choveu em janeiro, a produtividade aumentou. Se a demanda hídrica de janeiro não foi atendida na unidade, a produtividade já está comprometida. Inclusive, muitas usinas já devem ter entrado com irrigação de salvação para garantir a safra. Quem fizer uma estimativa generalizada irá se dar mal”, relata.

Uma fonte da área até arrisca a dizer que a safra 2014/15 do Centro-Sul poderá ser menor do que a safra passada, se as estimativas climáticas atuais que pontam maior déficit hídrico até março, se concretizarem. 

img10068

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X