fbpx

Cinco grupos mineiros ampliam negócios

Cinco grupos confirmaram ontem novos investimentos no Estado de Minas Gerais, em um investimento total que deverá alcançar cerca de R$ 480 milhões.

Deverão ser construídas na região do Triângulo Mineiro duas usinas de açúcar e álcool, uma granja, uma indústria de bebidas e um complexo turístico.

As duas usinas sucroalcooleiras são projetos desenvolvidos pelas empresas Vale do Rosário e Moema, e deverão absorver, cada uma, aportes de R$ 127 milhões. Vale lembrar que o Estado busca a auto-suficiência em álcool.

Ainda no setor de agronegócios, o grupo alemão Hygen promete gastar aproximadamente R$ 90 milhões em avicultura, com a construção de uma granja e uma incubadora de matrizes.

Já a anunciada indústria de cervejas e água mineral deverá receber investimento de R$ 76 milhões do grupo Aralco. E a companhia paulista Encalso, finalmente, deverá realizar um aporte de cerca de R$ 60 milhões para a construção de um complexo turístico na Represa Marimbondo, no Rio Grande.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X