fbpx

Cidade com usina de cana lidera ranking nacional de bem-estar

buriBuritizal, município do interior paulista sede da usina de cana-de-açúcar Buriti, do Grupo Pedra Agroindustrial S/A, é a campeã nacional do Índice de Bem-Estar Urbano (Ibeu). O levantamento é do Observatório das Metrópoles, coordenado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e considera todos os municípios do Brasil.

Buritizal alcançou índice de 0,951 e, segundo o estudo, quando mais próximo de 1,0, melhor é a condição de bem-estar urbano. A cidade de São Paulo, por sua vez, ocupa a 12º lugar.

De acordo com o levantamento, o indicador da cidade de São Paulo é pior do que o indicador de capitais como Goiânia (GO), Aracaju (SE) e Palmas (TO). Na 5.565.ª posição, o pior índice é de Presidente Sarney, no Maranhão, com 0,444. As informações são da edição desta terça-feira do jornal O Estado de S. Paulo.

O estudo avaliou cinco indicadores de qualidade – mobilidade urbana, como o tempo de deslocamento de casa para o trabalho; condições ambientais (arborização, esgoto a céu aberto, lixo acumulado); condições habitacionais (número de pessoas por domicílio e de dormitórios); serviços coletivos urbanos (atendimento adequado de água, esgoto, energia e coleta de lixo); e infraestrutura.

Leia também: 9 informações sobre o biometano da cana-de-açúcar

Saiba mais sobre a Usina Buriti

pedraSegundo o Grupo Pedra Agroindustrial, a implantação da Usina Buriti começou em 1993, quando a Usina da Pedra adquiriu a destilaria Apediá, instalada em Vilhena, no estado de Rondônia.

A destilaria foi desmontada e os equipamentos transferidos para a Fazenda São Luiz da Esplanada, em Buritizal.
A montagem dos equipamentos teve início em 1994 e a unidade começou a operação em 1995, com a moagem de aproximadamente 140 mil toneladas de cana e produção de 12,2 milhões de litros de etanol hidratado.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X