fbpx

Chuva atrasa começo da safra de cana na Bolívia

As fortes chuvas atrasam o início da safra de cana-de-açúcar na Bolívia. Prevista para o fim de abril último e a primeira semana deste maio, a moagem só deve entrar em operação normal a partir do próximo dia 20 deste mês.

Leia mais: Usina da Bolívia tem vagas abertas

O início pleno da safra de cana da Bolívia depende do clima
O início pleno da safra de cana da Bolívia depende do clima

Na unidade Unagro, a previsão é de que a safra só comece no próximo dia 28. Mesmo com o atraso de quase três semanas, a companhia está otimista e projeta produção de 3,5 milhões de quintales de açúcar.

Leia mais: Setor sucroenergético da Bolívia registra crise

Cada quintale, na versão ‘quintal americano’, equivale a 45,3 quilos e, assim, a projeção da Unagro é de fazer na safra cerca de 158 mil toneladas de açúcar.

Conforme relatos de instituições da Bolívia, as precipitações chegaram a 100 milímetros neste mês, o que dificulta o corte da matéria-prima do açúcar.

Leia mais: Usina da Bolívia pede socorro financeiro ao governo

As chuvas são registradas principalmente na região Norte do País.

Ao mesmo tempo em que as chuvas atrasam o começo da safra, a estiagem de 2014 pode impactar na produção agrícola. Previsão da Associação Nacional de Produtores de Oleaginosas (Anapo) divulgada pela imprensa do país revela que a colheita deverá ser feita em 85% dos 950 mil hectares de cana disponíveis.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X