fbpx

CerradinhoBio produz 414,1 mil m³ no 1º semestre da safra 20/21

Volume representa 36,6% superior ao registrado ao período do ano passado

A CerradinhoBio comemora os bons resultados obtidos no 1° semestre da safra 2020/2021. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) do período fechou em R$251,1 milhões, o que representa 32,9% de aumento em relação ao mesmo período da safra anterior.

Já no campo, o destaque foi para a produção de etanol (cana + milho), que alcançou a marca de 414,1 mil m³, quantidade 36,6% superior à registrada no mesmo período do ano passado.

Na moagem de cana, o aumento foi de 3,1%, com 3,7 milhões de toneladas. Também foram processadas 199,4 mil toneladas de milho, com 53,2 mil toneladas de Neo 30 (DDG ou farelo de milho), e 1,8 mil toneladas de óleo de milho. Ambos os produtos são utilizados no mercado de nutrição animal, assegurando um abastecimento regular e contínuo de suprimento durante todo o ano. De forma geral, a produtividade agrícola foi de 100,8 toneladas no primeiro semestre da safra, superando a média do setor.

LEIA MAIS > Abertura de capital: uma oportunidade para o agronegócio

De acordo com o diretor financeiro da CerradinhoBio, Gustavo de Marchi, investimentos constantes em aumento da capacidade de produção são essenciais para que a empresa consiga registrar crescimento sustentável a cada novo ciclo. “Acreditamos que a disciplina nas operações, um planejamento robusto e DNA de baixo custo são pontos cruciais para os excelentes resultados dos últimos trimestres. Cabe ressaltar que o aumento substancial na produção de etanol se deve, também, a conclusão da planta de milho, com estimativa de produção anual de 245 milhões de litros de etanol hidratado”, enfatiza.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

doze − 2 =

X