fbpx
JornalCana

CerradinhoBio e Neomille investem cerca de R$ 3,5 milhões em projetos sociais

Investimento focou em projetos voltados para educação, cultura, esporte, saúde e qualidade de vida nas cidades onde atuam

A CerradinhoBio e sua subsidiária Neomille, por meio do Instituto Sanches Fernandes, investiram aproximadamente R$ 3,5 milhões em projetos sociais ao longo de 2021, ano de maior aporte da empresa em projetos sociais. Os investimentos foram feitos via leis de incentivo e por meio de recursos próprios. Chapadão do Céu (GO), onde a CerradinhoBio está sediada, recebeu mais de R$ 3 milhões do total investido, enquanto Catanduva (SP), onde a empresa possui escritório, foi agraciada com o restante do investimento.

Por meio dos incentivos fiscais, doze projetos foram apoiados, em iniciativas voltadas para a capacitação, a promoção da cultura, da educação, da saúde e da qualidade de vida. Além disso, em dezembro do ano passado, uma parceria realizada com o BNDES permitiu que 540 alunos do Colégio Estadual Frutos da Terra, de Chapadão do Céu, passassem a contar com um laboratório de informática, criado com aporte realizado pelas empresas, também por meio do Instituto Sanches Fernandes.

LEIA MAIS >Veja como a Atvos está lidando com a adequação da LGPD

Vale destacar, ainda, o Projeto Doce Energia, por meio do qual as empresas investem em educação e capacitação de crianças e adolescentes, filhos de funcionários e integrantes da comunidade da cidade do sudoeste goiano.

A CerradinhoBio vem investido de forma consistente em iniciativas que contribuam para o desenvolvimento da sociedade. Projetos de cultura e esporte, além de outros voltados para a capacitação de mão de obra profissional, também foram beneficiados com o investimento da empresa no ano passado.

De acordo com o presidente da CerradinhoBio, Paulo Motta, o investimento da companhia em projetos sociais faz parte da cultura da empresa. “É um orgulho poder ajudar no desenvolvimento das comunidades onde atuamos. Compreendemos o nosso papel na resolução dos desafios sociais atuais e futuros e, por meio de projetos e campanhas que beneficiam crianças, adolescentes e adultos, promovemos a cidadania e a qualidade de vida, sempre prezando pelo diálogo e transparência nas relações com os segmentos da sociedade”, destacou.

LEIA MAIS > Usina do Mato Grosso investe na construção de planta de biogás

Além dos aportes financeiros em projetos sociais, a CerradinhoBio possui um grupo de voluntariado, com a participação de mais de 160 colaboradores. Em 2021, foram mais de 13 ações realizadas pelo grupo de funcionários e que impactaram mais de 9 mil pessoas.

Instituto Sanches Fernandes

O Instituto Sanches Fernandes, área de responsabilidade social da CerradinhoBio, foi criado em junho do ano passado. Constituído sob a forma de associação, o Instituto é pessoa jurídica de direito privado, e tem como finalidade atuar na promoção da saúde, da educação e da assistência social, buscando o desenvolvimento das comunidades onde a CerradinhoBio atua.

“Com o Instituto Sanches Fernandes, almejamos seguir evoluindo em nossa atuação social, visando construir um grande legado em linha com a nossa estratégia de sustentabilidade. Ele nasce para assegurar a qualidade e a melhor gestão e acompanhamento de nossa atuação, confirmando o nosso DNA social”, diz Andrea Sanches Fernandes, presidente do Conselho do Instituto Sanches Fernandes.

 

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram