fbpx

CBios gerados e registrados na B3 já superam a marca dos 13 milhões

90% da meta para 2020 já foi superada 

O número de CBios gerados pelos produtores de biocombustíveis e registrados na B3 superou a marca dos 13 milhões.

Esse valor representa praticamente 90% da meta oficial de títulos de descarbonização prevista para 2020 (14,998 milhões). A procura de compra pelas distribuidoras, no entanto, ainda está aquém do esperado.

“Os produtores investiram em certificação e estão cumprindo o seu papel na oferta de CBios”, acrescenta Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (UNICA).

De fato, dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostram que 209 unidades produtoras de etanol já foram certificadas desde o início do programa. No total, somando os produtores de biodiesel e biometano, o número de certificações atinge 232 produtores.

A maior parte dos produtores certificados estão localizados no Estado de São Paulo (113 unidades), seguido por Goiás (28 empresas) e Minas Gerais (25 empresas). O executivo da UNICA afirma que “apesar da oferta expressiva de CBios por parte dos produtores, nas últimas semanas estamos observando baixa procura pelas distribuidoras”.

O mercado de etanol está se recuperando e os produtores continuarão ofertando CBios, com a expectativa de superar a meta prevista para este ano já em novembro, acrescentou.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

17 − seis =

X