fbpx

[Carta ao Leitor] Por que insistem em desvalorizar a eletricidade da cana?

Confira o editorial do JornalCana Edição de Outubro de 2019

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revisou suas projeções econômicas e estima crescimento de 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020. Anteriormente, a previsão era de alta e 2,1%. A estimativa atesta a confiança no crescimento econômico do Brasil depois de vivenciar crise acentuada a partir de 2015.

Para embasar a estimativa, o Ipea leva em conta que a retomada hoje lenta da economia pode se intensificar. E essa aceleração virá com a viabilidade de reformas que promovam investimentos em infraestrutura e consolidação do ajuste fiscal.Em que pese o otimismo da previsão do Ipea, há de outro lado um tema preocupante. É o fornecimento de eletricidade para atender a previsão de alta do PIB.

A eletricidade feita por hidrelétricas, principal fonte de geração, depende das condições meteorológicas. Quanto mais chuva, melhor para abastecer as barragens das usinas. Mas não é possível garantir com precisão se essa geração crescerá em 2020.A escassez de chuvas foi registrada até a primeira quinzena de setembro último, período que costuma ser chuvoso. Essa situação explica a manutenção da bandeira vermelha no mês… [Caro leitor, veja a seguir os detalhes para ler este artigo completo].

Leia o editorial completo da Edição 309 (Outubro) e outros destaques:

  • (Capa) Conheça a empresa que criou uma tecnologia exclusiva de aplicação de agentes biológicos em canaviais, via drone;
  • Números e estratégias que faz da Rio Dourado uma usina de Alta Performance  
  • As dicas dos especialistas que participaram do UAP 2019;
  • Entrevista especial com Luiz Paulo Sant’Anna, diretor da Cevasa; 
  • Quem são os melhores do setor na região Centro-Sul.

Clique AQUI para conferir!

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X