JornalCana

Carta ao Leitor – Depois da tempestade, vem a bonança

Confira o editorial do JornalCana Edição de Setembro de 2020

Andréia Vital

O horizonte nublado, indicando a falta de previsibilidade para safra 2020/21 diante da pandemia da Covid-19, foi uma grande preocupação para o setor, mas após a tempestade “perfeita” atravessada pelo segmento, a bonança surpreendeu as companhias sucroenergéticas.

Mesmo com os contratempos, a temporada atual vem se mostrando positiva para o resultado econômico-financeiro das usinas, principalmente devido às taxas de juros relativamente baixas e aos preços remuneradores.

Além disso, as perspectivas de bons patamares dos valores de açúcar e de etanol continuam na metade final da safra 20/21. Isso vem possibilitando à algumas usinas encerrarem a safra com a expectativa de terem sua melhor temporada nos últimos tempos. Isso pode ser identificado nas páginas 10 e 12.

Essa edição mostra também que, apesar de colocar o pé no freio diante do cenário incerto, as usinas continuaram seus planos de investimentos, principalmente usando a inovação para garantir crescimento e sustentabilidade de seus negócios. Assim, investimentos em tecnologia para a expansão e maior eficiência de seus ativos não foram deixados de lado. É o que mostra a matéria de capa desta edição, na página 18 e 19.

Outros investimentos no mercado sucroenergético também são destacados nas páginas 21, 22 e 24 que mostram como as empresas estão diversificando seus negócios apostando em outros nichos, como etanol de milho e energia a partir do biogás, assim como, vêm modernizando suas empresas, para chegarem com saúde aos 100 anos. A edição também traz uma matéria sobre uma usina pernambucana que festejou a data este ano.  Os detalhes podem ser vistos nas páginas 21 e 23.

Um movimento que vem surpreendendo é o mercado de fusões e aquisições (M&A) que vem aumentando no Brasil, com transações já realizadas como a compra da Usina São Luiz, da Abengoa, pelo Grupo Vale do Verdão, ainda a ser aprovada pela justiça. Além das tratativas entre Raízen e Biosev.

De acordo com Alexandre Figliolino, consultor da MBAgro, embora seja mais evidente agora, o processo de consolidação do setor sucroenergético já vem acontecendo, silenciosamente, há muito tempo e envolvendo principalmente ativos biológicos. As informações sobre essas transações podem ser conferidas nas páginas 16 e 17.

A edição de setembro traz ainda detalhes sobre os webinares promovidos pelo JornalCana, que continuam oferecendo o melhor benchmarking do setor, com cases relevantes e inovadores em várias áreas. Dessa vez, o leitor encontra detalhes sobre ações realizadas na área agrícola para impulsionar a produtividade, nas páginas 28 a 33. Também encontra informações sobre a prática de GRC (Governança, Risco e Compliance), sucessão familiar e debates sobre a alta gestão das usinas nas páginas 36 a 40.

É muito bom conteúdo! Boa leitura!

Leia o jornal completo:

Leia o editorial completo da Edição 318 (Agosto/2020) e outros destaques:

  • (Capa) Turbina TGM possibilita ganho de 13% em geração de energia;
  • (Capa) Equipamentos WEG reduzem e controlam para 47% a umidade final na Vale do Paraná;
  • Mix deverá continuar açucareiro na safra de cana 2020/21;
  • Consolidação do setor se intensifica;
  • Cases de alta produtividade revelam como obter cana de 3 dígitos;
  • Sucessão familiar, governança e inovação: o que pensa a próxima geração do setor.

Clique AQUI para conferir!

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram