fbpx

CanaVialis estabelece estação experimental em Maceió

Para se obter uma nova variedade é necessário dispor de um banco de germoplasma num local de pleno florescimento da cana-de-açúcar. E para que esta planta floreça bem, é preciso ter condições especiais de clima como a que se tem no Nordeste brasisleiro. Enfim, temperaturas mais ou menos constantes durante o ano todo, com baixa amplitude entre o dia e a noite, e alta umidade no inverno.

Por essa razão, depois de extensa pesquisa, a equipe de pesquisa e desenvolvimento do Dr Sizuo Matsuoka, pesquisador da CanaVialis estabeleceu uma Estação Experimental em Maceió, Alagoas, exclusivamente para se fazer os cruzamentos (hibridações) e obter as sementes necessárias para iniciar o processo de seleção das novas variedades.

Através do uso de uma ferramenta de tecnologia da informação desenvolvida pela equipe da CanaVialis, são projetados os cruzamentos levando-se em conta todas as características importantes na área agronômica. Alem disso, esta ferramenta também permite aos pesquisadores o uso de coeficientes de distancia genética na escolha dos genitores, esses coeficientes são obtidos por um conjunto de marcadores moleculares desenvolvidos nos laboratórios de biotecnologia da CanaVialis. Agregando velocidade e versatilidade o sistema de cruzamentos desenvolvido pela equipe da Canavialis, permite aos pesquisadores realizarem os cruzamentos onde quer que eles estejam, de maneira remota.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X