fbpx

Cana transgênica da Alellyx e Canavialis está a caminho

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança — CTNBio publicou, em 4 de abril, no Diário Oficial da União, a aprovação dos testes em campo do primeiro material geneticamente modificado da Alellyx e da CanaVialis, empresas de biotecnologia da Votorantim Novos Negócios.

Até o final da década de 70, as plantações de cana tinham significativas áreas com variedades importadas, entre as quais, a Co740, proveniente da Índia, que foi bastante cultivada em solos férteis, principalmente no estado do Paraná. Era uma variedade de alta produtividade em cana por área, muito rica do meio para o final de safra, com excelente qualidade de caldo, porte ereto e baixo. Apresentava também excelente germinação e brotação de soca, resultando em boa estabilidade. Deixou de ser cultivada devido à alta suscetibilidade ao mosaico da cana.

Em setembro de 2003, a Alellyx e Canavialis começaram a trabalhar no projeto de resistência ao vírus do mosaico. A Alellyx desenvolveu o gene que apresenta resistência a essa doença. Esse melhoramento genético foi incorporado à variedade Co740, indicada pela Canavialis. As duas empresas juntas fizeram os testes iniciais de resistência em casa de vegetação..

O projeto, que desenvolveu a Co740, resistente ao vírus do mosaico – autorizado pela CTNBio para testes de campo nas estações experimentais da Canavialis -, é apenas o primeiro de um conjunto de trabalhos que vêem sendo realizados por ambas empresas. Desde a decisão de fazer essa pesquisa até o resultado atual, o tempo gasto foi pouco mais de 18 meses

Para Hideto Arizono, diretor técnico-comercial responsável pela implementação do programa de Gestão Varietal da CanaVialis em diversas usinas, as plantas derivadas da Co740 – resistentes ao vírus mosaico e que mantenham as características da planta original – serão boas opções para os produtores de cana, que disponham de solos férteis. Mais objetivamente, será uma alternativa para meio e final de safra, principalmente em áreas de colheita mecanizada. Uma vantagem adicional é que na eventualidade de uma geada, essa planta apresenta boa resistência à deterioração, conforme explicações de Sizuo Matsuoka, diretor de pesquisa e desenvolvimento da Canavialis.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X