fbpx

Cana ajuda Alagoas a crescer em emprego formal

O estado de Alagoas apresenta o segundo maior saldo no ranking de contratações formais  no País no mês de setembro, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.

largeO setor sucroenergético está entre os que mais impulsionaram o saldo de emprego formal em Alagoas. Devido à entrada da safra de cana-de-açúcar 2015/16, o estado registrou 903 novos postos de trabalho em setembro.

Com a ‘ajuda’ das usinas de cana-de-açúcar e do universo de fornecedores do setor sucroenergético, o mercado de trabalho formal alagoano teve, em setembro, um total de 19.658 admitidos e 8.451 desligamentos, resultando um saldo positivo de 11.207 novos postos de trabalho.

Isso significa um aumento de 3,27% em relação ao estoque de empregos formais do mês de agosto.

Os dados mostram que Alagoas só fica atrás de Pernambuco, cujo saldo positivo de contratações foi de 15.248, resultado que levou o estado vizinho a liderar o ranking nacional.

Este texto emprega informações da Agência Alagoas.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X