fbpx

Campanha tenta eliminar incêndios criminosos e conter perda do canavial

Organizada pela SIAMIG, iniciativa visa prevenir e diminuir as ocorrências

Um levantamento feito pela Associação das Indústrias Sucroenergéticas de MG (SIAMIG), recentemente, mostrou que nas duas últimas safras, as perdas causadas pelos incêndios criminosos nas lavouras de cana-de-açúcar em Minas Gerais alcançaram R$ 46 milhões.

Para tentar frear e prevenir os incêndios criminosos e também acidentais, a entidade formalizou uma parceria inédita este ano com o Corpo de Bombeiros Militar de MG (CBMM), a TV Integração e o Senar-MINAS, para o desenvolvimento de uma campanha de Prevenção e combate aos incêndios, principalmente, na região do Triângulo Mineiro, onde têm as maiores ocorrências.

As 36 usinas em produção no Estado têm arcado com esses prejuízos, que se intensificam, principalmente, no período de julho a agosto.

LEIA MAIS  > SSMA estratégico permitiu usina operar com três turnos de trabalho

Os incêndios devastam a cana que será colhida e também a lavoura que está em processo de crescimento e brotação, já que a palhada que fica no solo também queima.

“Estamos fazendo a nossa parte, mas o número e a gravidade dos incêndios têm aumentado e cada vez mais é preciso alertar sobre isso”, diz o presidente da SIAMIG, Mário Campos.

De acordo com o executivo, a SIAMIG apoiou a produção de um vídeo para o CBMM, alertando para o risco e a necessidade da denúncia dos incendiários, chamando a atenção, também, para atitudes inconsequentes, como jogar tocos de cigarro na beira da estrada, deixar o lixo na mata, com o mote “Irresponsabilidade que mata”.

O vídeo está sendo veiculado neste final de julho e em agosto pela TV Integração em Uberaba, Uberlândia, Ituiutaba e Araxá, numa área de cobertura em torno de 233 municípios.

Foram produzidos também posts para a rede social, chamando a atenção para os prejuízos econômicos, ambientais e a necessária educação para o cuidado com o fogo desde a infância.

A SIAMIG formalizou, também, uma parceria inédita entre o Senar-Minas e o Corpo de Bombeiros para realização do “Treinamento Prevenção e Combate a Incêndio em Canavial” para os colaboradores das usinas associadas. A previsão de início das aulas online é na primeira semana de agosto. A duração do curso é de 20 horas entre aulas teóricas e prática.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

19 − dezoito =

X