fbpx

Caminhões tanques de transportes de combustíveis são retidos por polícia rodoviária

O Ipem-SP fiscalizou 22 veículos tanques na última sexta-feira, dia 22, na rodovia Régis Bittencourt, BR-116, km 285, altura de Itapecerica da Serra.

Foram emitidos sete autos de infração e três CIPP’s – Certificados de Produtos de Inspeção de Produtos Perigosos foram apreendidos.

De acordo com o Ipem-SP, nesse comando, um dos caminhões estava sem sistema de freio em um dos lados. Ele transportava óleo diesel.

Um outro veículo estava com vazamento de álcool étilico. As duas irregularidades são consideradas gravíssimas pela norma. Os dois caminhões foram retidos imediatamente pela Polícia Rodoviária Federal, que participou da operação junto ao Ipem-SP, e só poderão voltar a trafegar, para a entrega das cargas transportadas, após consertarem os problemas identificados no pátio da polícia. Eles também tiveram os CIPP’s recolhidos e uma vez descarregados vão ter de passar por manutenção e por uma nova vistoria em algum Instituto de Pesos e Medidas no país.

O CIPP é o documento exigido para o transporte de produtos perigosos, sem ele é impossível fazer transportes no setor. Em todo o território nacional circulam mais de sete mil tipos de produtos perigosos, que em resumo são combustíveis (gasolina, álcool, diesel) ácidos (cloro, sulfurico, metano etc) e gases (glp etc). São Paulo, por ser o principal pólo industrial brasileiro, concentra o maior tráfego desse tipo de produto. Mais detalhes sobre a atuação do Instituto de Pesos e Medidas no setor podem ser obtidos pelo: www.ipem.sp.gov.br ou através da Ouvidoria: 0800.13.05.22, de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 17h00. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer um dos 645 municípios paulistanos.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X