JornalCana

Calandra com tubos hexagonais da Alpina Orion aumenta taxa de evaporação

Equipamento foi apresentado como um dos destaques na 21ª edição do SINATUB Internacional

Maximilian Goehler

Calandra com tubos hexagonais da Alpina Orion eleva taxa de evaporação, sendo destacada na 21ª edição do SINATUB Internacional como uma alternativa eficaz para a expansão de fábricas de açúcar em usinas.

A Alpina Orion, especializada em equipamentos de medição de brix com tecnologia de micro-ondas, amplia sua gama de produtos, incluindo decantadores, clarificadores de caldo, cozedores, calandras e automação para o controle do cozimento em usinas de açúcar.

Durante o SINATUB, realizado em novembro do ano passado, Maximilian Goehler, sócio-diretor da Alpina, apresentou o cozedor Alpina Orion, destacando sua calandra com tubos hexagonais.

Essa tecnologia permite a operação com vapores vegetais mais frios, reduzindo o consumo de vapores nobres e elevando a produção com um aumento na área de troca térmica por unidade de volume. Além disso, a ausência de exposição dos espelhos à massa cozida melhora a qualidade da produção no tacho.

LEIA MAIS > Algoritmos Inteligentes atuam na vazão de embebição da cana em tempo real

Goehler detalhou a operação da calandra, aplicável tanto em cozedores de batelada quanto em cozedores contínuos, em qualquer tipo de cozedor. A remoção dos espelhos resulta na união dos tubos, formando uma colmeia de abelhas, com os tubos transformados em hexágonos e soldados para ajuste em diversos tipos de cozedor.

O primeiro projeto foi implementado em 2010 e continua operando eficientemente após 13 anos, sem a necessidade de substituição de um único tubo.

Goehler comparou dois tachos, um convencional com calandra comum e outro com a colmeia instalada. Ambos eram idênticos em volume, 400 hectolitros, processando simultaneamente massa A com níveis de 75-80% no cozedor. A área da colmeia era 25% maior que a área de troca térmica no tacho convencional, alcançada pela redução das distâncias entre os tubos e o aumento de sua quantidade.

LEIA MAIS > 65% dos Cadastros ambientais (CAR) já foram analisados e aguardam acesso do produtor

Os resultados foram notáveis, com um aumento de 8% na taxa de evaporação específica por metro quadrado. O estudo revelou um acréscimo de 16% no coeficiente global de troca térmica, impulsionando efetivamente a taxa de evaporação.

A Alpina Orion oferece também o decantador ou clarificador projetado para otimizar a purificação e garantir a extração de um caldo limpo, mantendo baixo nível de lodo e adensamento ideal, além da otimização da adição de polímero.

A tecnologia de cristalização da empresa contribui para a determinação precisa do ponto de injeção da semente. O corpo técnico da Alpina Orion destaca a facilidade proporcionada pelo medidor de brix por micro-ondas na curva de brix e no esgotamento do mel durante o cozimento, reduzindo as horas de calibração dos medidores de concentração e gerando economia por quilo de açúcar produzido.

Maximilian Goehler enfatiza o compromisso contínuo da empresa em aumentar a produção, economizar energia, melhorar a qualidade e uniformizar a produção em termos de qualidade e capacidade, visando oferecer confiabilidade operacional.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram