fbpx

Bunge descarta expansão no Brasil apesar de resultado positivo

A Bunge, gigante norte-americana do agronegócio, descartou nesta quinta-feira a expansão de seus negócios de açúcar e etanol no Brasil, apesar da expectativa de aumento dos preços da gasolina até o final do ano, o que tornaria o biocombustível mais atraente.

A companhia registrou lucro de US$ 44 milhões em sua unidade de açúcar e etanol no terceiro trimestre, e afirmou que o segmento ainda está sob “revisão estratégica”. Sobre a expansão dos negócios de açúcar no Brasil, Schroder disse que “não estamos abertos a isso.”

Na última década, a Bunge comprou cinco usinas de açúcar no País, mas os negócios vêm enfrentando dificuldade devido à queda dos preços da commodity. No segmento de agronegócios, as vendas da empresa caíram 8,2% no terceiro trimestre, para US$ 9,84 bilhões, ante US$ 10,72 bilhões em igual trimestre do ano passado.

Segundo a Bunge, a queda foi motivada em parte pela relutância de agricultores da América do Sul em vender sua produção a preços mais baixos. Na América do Norte, onde a colheita está em andamento, deve ocorrer o mesmo, disse Schroder. Segundo ele, “todos os produtores, inclusive os grandes, têm necessidade de geração de caixa” e precisarão vender sua colheita em algum momento. Schroder disse que os resultados da Bunge serão melhores quando produtores voltarem ao mercado.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X