JornalCana

Bunge busca atrair novos fornecedores de açúcar

Seis meses depois de anunciar sua entrada no mercado como trading de açúcar, a Bunge passou a adotar uma estratégia mais ofensiva para expandir sua carteira de fornecedores.

Para atrair as usinas, a Bunge está oferencendo taxa de juros menores em suas linhas de financiamento e pagando antecipado seus contratos.

A empresa também aceita troca de açúcar por insumos e usa sua logística eficiente de grãos para escoar a produção de açúcar até os portos.

A Bunge possui contratos de longo prazo com dez grandes fornecedores do país e fechou contrato para exportar três navios de açúcar, volumes que oscilam entre 75 mil e 120 mil toneladas, de acordo com o porte do navio. A empresa não negocia álcool.

A multinacional montou um escritório nos Estados Unidos, em White Plains, em Nova York, sede da companhia, para os negócios de açúcar, e tem representantes na Europa.

Também está nos planos da Bunge se tornar produtora de açúcar e álcool, mas ainda não há nenhuma negociação neste sentido neste momento.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram