JornalCana

BP Bunge participa da 8ª edição da abertura da safra de cana-de-açúcar da DATAGRO  

Companhia esteve presente em dois painéis do evento onde abordou sua performance e excelência agroindustrial

A BP Bunge Bioenergia participou de dois painéis do evento “Abertura de Safra ― Cana, Açúcar e Etanol”, promovido pela DATAGRO, nesta quarta e quinta-feira (6 e 7), em Ribeirão Preto – SP.

O encontro reuniu executivos das usinas, produtores, fornecedores de cana-de-açúcar e lideranças políticas, para discutir o atual momento do setor sucroenergético no Brasil, avaliar os resultados da safra 2023/24 e apresentar estimativas para a próxima safra, que tem início em abril.

O diretor industrial da BP Bunge, Wilson Lucena, falou no painel sobre usina 4.0 e resultados em performance industrial. De acordo com o executivo, para os próximos anos, a companhia almeja aumentar a produção de forma sustentável, com maior produtividade por hectare em áreas já existentes e promover a ocupação total da capacidade produtiva industrial instalada, com eficiência e segurança. “As usinas da BP Bunge têm potencial para atender as demandas relacionadas à transição energética, oferecendo ganhos de eficiência em produtividade e rentabilidade”, afirma Lucena.

LEIA MAIS > Safra 2024/25 deverá atingir 592 milhões de toneladas projeta DATAGRO

No painel “Trabalhando os resultados internamente na usina”, Mario Sérgio Salani Junior, gerente sênior de mecanização agrícola da BP Bunge, abordou os resultados que a companhia vem alcançando no processo de colheita da cana. Salani reforçou que o sucesso nos indicadores tem sido possível graças aos investimentos em capacitação do time operacional, além de processos bem definidos, monitoramento em tempo real das operações e avanço de utilização de tecnologia. Um desses indicadores é a redução do consumo de combustível na colheita da cana, alinhado com a estratégia da BP Bunge em produzir energia de forma sustentável. “Cuidar das pessoas para que possam executar um processo seguro e padronizado faz toda a diferença para alcançar resultados sustentáveis”, destaca o gerente.

Na 8ª Edição do evento, os debates foram pautados por temas como sustentabilidade no setor sucroenergético; avanço de tecnologias na área agrícola; e financiamento e diversificação no uso de biocombustíveis.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram