fbpx

Boa safra de cana-de-açúcar influencia etanol

A última pesquisa de preços de combustíveis da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgada ontem, continua apontando queda nos preços médios do etanol nos postos

Paraná Online

Colheita de cana no interior do Paraná: safra vai ser melhor este ano

No Paraná, o litro do derivado da cana-de-açúcar foi vendido, na semana passada, a R$ 1,394, contra R$ 1,433 na semana anterior. No entanto, recentes oscilações têm assustado os motoristas.

Mas a perspectiva de uma boa safra, que iniciou em abril, deve deixar os preços mais estáveis e ainda competitivos em relação à gasolina, vendida na última semana a R$ 2,369.

De acordo com o presidente da Associação de Produtores de Bioenergia do Estado do Paraná (Alcopar), Anísio Tormena, a safra 2009/10, terminada em 31 de março, ficou abaixo do esperado, com 46 milhões de toneladas colhidas – número pouco superior ao da safra imediatamente anterior, de 44,8 milhões de toneladas.

A expectativa, para o período 2010/11, é de 51 milhões de toneladas. Assim, problemas de abastecimento, como os que aconteceram no período da safra passada, fazendo o preço do combustível disparar, não devem acontecer este ano.

Tormena diz que houve relatos de postos onde faltou etanol, mas ele minimiza o problema, classificando-o como “pontual”. Ele ressalta que os produtores estão entregando normalmente o combustível, e lembra que a responsabilidade do abastecimento é da ANP.

Segundo Tormena, no período atual as usinas em operação no Paraná (cerca de 70% do total) estão, em geral, moendo cana ainda proveniente da safra passada, mas já misturam com o produto da safra atual. Para ele, o clima está propício para os trabalhos, o que deve ajudar a deixar abril como um mês bom para o setor, no Estado.

Ainda assim, o dirigente admite que o valor do etanol no mercado pode ser mais baixo fato que ele ! acredita que acontecerá à medida que a safra evolui. Ele vê como ideal, para o mercado, que os preços fiquem entre R$ 1,30 e R$ 1,40 nas bombas.

“Assim as unidades trabalham tranquilamente, há margem de lucro para o restante da cadeia e a competitividade em relação ao outro combustível é mantida”, analisa.

Centro-Sul

Na região Centro-Sul do País, de acordo com os dados da União da Indústria da Cana-de-Açúcar, os números finais da safra 2009/10 apontaram um aumento de 7,32% na moagem do produto, na comparação com os dados da safra anterior.

Foram, no total, 542 milhões de toneladas moídas até o dia 31 de março deste ano. Por outro lado, as estatísticas mostram que a safra 2010/11 está tendo uma atividade inferior à esperada, com 6,81 milhões de toneladas.

Segundo documento da Unica, o processamento de cana foi prejudicado, em março, pela grande quantidade de chuvas, principalmente na segunda quinzena. No mês passado, foram moídas 11 milhões de tonela! das, sendo 4,5 milhões ainda da safra 2009/10.

O restante (6,5 milhões) foi moído em usinas que já tinham antecipado a safra 2010/11. No início de abril, 98 unidades produtoras estavam em operação na região pesquisada. A quantidade representa cerca de 30% do total que deverá operar nessa safra.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X