fbpx

BNDES apoia modernização de unidades do Grupo Tereos

Financiamento será usado na compra de máquinas e equipamentos

R$ 40 milhões serão direcionados para a Usina Vertente

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apoiará a modernização das unidades operacionais da Tereos Açúcar e Energia Brasil e da sua coligada Usina Vertente.

Os recursos também serão utilizados na aquisição de materiais industrializados para o processo de cultivo de cana-de-açúcar.

O financiamento total será de R$ 370 milhões – R$ 330 milhões para a Tereos e R$ 40 milhões para a Vertente – e ocorre no âmbito do BNDES Finame Direto, que permite a contratação de uma linha de crédito para máquinas, equipamentos, materiais industriais e capitais de giro associados.

LEIA MAIS > Vertente teve a melhor safra de sua história

“O Finame Direto foi um produto pensado para ser uma alternativa de financiamento na aquisição de máquinas, equipamentos e materiais, de forma mais flexível e mais ágil, oferecendo, portanto, uma melhor experiência para clientes com menor custo de transação”, explica Marcos Rossi, superintendente da área de Indústria, Serviços e Comércio Exterior do BNDES.

Por meio do Finame Direto, empresas e municípios obtêm uma linha de crédito para adquirir máquinas, equipamentos, sistemas industriais, componentes e bens de informática e automação, além de outros materiais e capital de giro associado aos equipamentos.

Pierre Santoul, CEO da Tereos Açúcar & Energia Brasil

“O BNDES é um grande parceiro da Tereos e teve participação fundamental nos principais programas de investimento da companhia nos últimos 10 anos, desde investimentos para expansão do nosso parque de cogeração até o crescimento da nossa capacidade de moagem e produção de açúcar e etanol,” conta Pierre Santoul, CEO da Tereos Açúcar & Energia Brasil.

LEIA MAIS > Jacyr Costa Filho deixa comando do Grupo Tereos

“Este novo financiamento de R$ 370 milhões reforça ainda mais a nossa parceria de longo prazo, com um suporte importante para nossa aquisição de máquinas, equipamentos e materiais, além de contribuir para o capital de giro da operação. Agradecemos ao BNDES pela confiança na Tereos e por mais esta etapa na nossa história juntos”, completa o executivo.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X