fbpx

Biosev assina acordo de fusão com Raízen

O acordo integrará os negócios das duas empresas, combinando experiências complementares para o desenvolvimento sustentável do setor sucroenergético

A Biosev SA (B3: BSEV3), uma das líderes do setor sucroenergético, anunciou hoje (8/2) que assinou, junto com seus acionistas controladores, um acordo com o Grupo Raízen, estabelecendo os termos e condições para a combinação dos negócios da Biosev com os da Raízen Combustíveis e Raízen Energia (“Empresas do Grupo Raízen”). Como parte da transação, a Biosev se tornará uma subsidiária da Raízen e, em troca, seus atuais acionistas – unidos sob a holding Hédera Investimentos e Participações S.A. (“Hédera”) – receberão uma participação minoritária indireta no Grupo Raízen.

Com o objetivo de chegar a um acordo positivo para todas as partes, a negociação se concentrou em preservar os compromissos de ambas as empresas com todos os seus stakeholders e assegurar a sustentabilidade do novo negócio em longo prazo.

Juan José Blanchard, presidente da Biosev

“O acordo reconhece as conquistas alcançadas pela Biosev em relação à eficiência operacional e os resultados positivos obtidos pela empresa no último ano financeiro, com apresentação de lucros  e novos recordes operacionais”, disse Juan José Blanchard, presidente da Biosev.

Blanchard também afirma que os negócios e colaboradores da Biosev têm potencial para prosperar como parte da Raízen, atuando como uma empresa integrada, com atividades e conhecimentos complementares, graças a sua liderança reconhecida no que diz respeito ao avanço do setor em inovação.

A transação está sujeita às condições habituais de conclusão, incluindo a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), o término da transferência das ações da Biosev para a Hédera e a finalização da reestruturação da dívida da Biosev.

Após o cumprimento dessas condições, a companhia receberá um aporte de capital das empresas do Grupo Raízen e a Hédera transferirá as ações da Biosev para o Grupo Raízen em troca de uma participação minoritária preferencial nas empresas do Grupo.

Próximos passos

Reorganização societária – Uma assembleia geral de acionistas da Biosev será realizada para deliberar sobre a incorporação das ações da Biosev pela Hédera, o que exigirá o voto favorável da maioria dos acionistas em circulação na Biosev, uma vez que a companhia fechará seu capital e deixará de ser listada no segmento B3 Novo Mercado em decorrência da incorporação de ações. Os acionistas dissidentes terão o direito de se retirar da empresa com a venda de sua participação. Todos serão oportunamente informados sobre os detalhes desta etapa do processo, incluindo os seus direitos como acionistas da sociedade.

Reestruturação da Dívida – A Hédera assumirá parte da dívida da Biosev por meio de novos instrumentos de financiamento com datas de vencimento estendidas, e a Biosev manterá o saldo, a ser liquidado com o produto da contribuição de capital a ser feita pelo Grupo Raízen na data de fechamento da transação.

A Biosev continuará a atualizar o mercado sobre quaisquer desenvolvimentos relativos à transação, o cumprimento de suas condições e outros resultados relevantes.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X