fbpx

Bicudos já reproduzem na RPPN da Coruripe em Januária

A iniciativa inédita da Usina Coruripe e o Projeto Bicudo de reintroduzir a espécie na RPPN Porto Cajueiro tem sido um sucesso.

A introdução de casais da espécie na reserva, localizada em Januária, no Norte de Minas, em Januária, é parte do esforço da Usina Coruripe na luta para a preservação da espécie e restituição de bicudos em Minas Gerais depois de décadas.

Os dois ovos na foto são o resultado de um intenso esforço para conservação de uma espécie tão caçada, que praticamente se extinguiu no território nacional.

A iniciativa visava restabelecer uma população desses pássaros no estado e tirar a espécie da classificação de “criticamente ameaçada” pelo Ministério do Meio Ambiente

São várias as instituições e pesquisadores envolvidos nesse trabalho desenvolvido na RPPN Porto Cajueiro, de propriedade da Usina Coruripe. Entre as organizações estão: UEMA, USP, UFSCAR, Instituto Ariramba, Associação Angá, IDESE. Entre os financiadores estão, além da Usina Coruripe, a Fundação Boticário e o CEPF Cerrado. Participam da ação também: Cesar Medolago, Flavio Ubaid, Bertholdino Apolonio Teixeira Junior, Luís Fábio Silveira, Anizio Costa, José Jose Elias Pereira Lopes.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X