fbpx

Atvos pede recuperação judicial

"Investida hostil" de credor justifica a decisão, segundo a empresa

A Atvos, empresa sucroenergética da Odebrecht, entrou com pedido de recuperação judicial.

O pedido de recuperação judicial foi oficializado nesta quarta-feira (29/05) na Justiça do Estado de São Paulo.

Qual o motivo do pedido de recuperação judicial?

O motivo do pedido de recuperação, segundo a empresa, é preservar suas operações e garantir equilíbrio financeiro.

Mas, principalmente, destaca a Atvos, o pedido de recuperação é para reforçar seu compromisso com os mais de 10 mil empregados, suas famílias, comunidades, parceiros, fornecedores e clientes.

Investida hostil

Em comunicado, a Atvos atesta que “este processo é resultado da investida hostil de um fundo internacional, credor da Atvos.

Por consequência esse fundo, emenda, colocou em risco as operações da empresa por meio de ação judicial.

“Ao utilizar essa medida legal, a Atvos viabiliza um ambiente seguro e estável para o equilíbrio de suas contas”, relata a empresa.

“Objetivando, assim, alcançar a sua capacidade máxima de produção nos próximos anos.”

Após o deferimento do pedido pelo Poder Judiciário, a Atvos tem 60 dias para apresentar a primeira versão do plano de recuperação judicial.

10% do abastecimento de etanol

Ao longo dos seus mais de 11 anos de atuação, a Atvos se consolidou no setor sucroenergético.

E atualmente é responsável por 10% do abastecimento de etanol no mercado brasileiro.

Por fim, na safra 19/20 possui expectativa de moer cerca de 27 milhões de toneladas de cana.

Finalmente, essa moagem é suficiente para produzir 2,1 bilhões de litros de etanol.

O montante também é capaz de fazer 237 mil toneladas de açúcar VHP e gerar 2,9 mil GWh de energia elétrica.

 

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X