fbpx

Após recorde, Nardini vai em busca de moagem de 4 milhões de toneladas

Vanderlei Caetano, diretor da Nardini
Vanderlei Caetano, diretor da Nardini

A Usina Nardini bateu, nesta semana, seu mais novo recorde de produção, ao superar a moagem de 3,5 milhões de toneladas, índice que havia sido obtido durante a safra de 2013.“Chegar a um resultado tão expressivo em um período de crise é, para nós, motivo de muito orgulho. Temos a convicção de que isso só foi possível graças ao empenho de nossos colaboradores”, ressalta o diretor Vanderlei Caetano.

Leia mais: Saiba detalhes da safra 16/17 da usina de cana Nardini

Agora, a empresa, com sede em Vista Alegre do Alto (SP), já volta sua atenção para outra meta: alcançar a marca de 4 milhões de toneladas ainda este ano. Se a expectativa de moagem se confirmar, a Nardini registrará um aumento de 19% em relação a 2014 (3,3 milhões).

“Esse crescimento na previsão de moagem ocorreu em virtude de parcerias que firmamos, recentemente, com novos fornecedores de cana-de-açúcar, que optaram pela Nardini por conta de sua tradição e gestão transparente”, afirma o diretor.

Leia mais: Nardini encontra na palha alternativa para cogerar o ano todo

Ainda, segundo executivo, os bons resultados obtidos pela empresa são reflexos de uma leitura estratégica do setor sucroenergético. “Preocupamos-nos em analisar todas as oportunidades de crescimento, como a busca por novas certificações, para que tenhamos acessos a novos mercados consumidores”, explica.

Leia mais: Crise, safra, usina em Goiás. Diretor do Grupo Nardini conta tudo

Atualmente a Nardini se prepara para conquistar o selo Bonsucro, que dará a empresa a possibilidade de atender clientes de larga escala, tanto no Brasil como no exterior. Este ano, a companhia obteve a certificação da Food Safety System Certification (FSSC) 22000, o mais alto padrão de qualidade para a fabricação de alimentos.

Leia mais: Por aumentar 22% da moagem, diretor da Nardini receberá troféu de empresário do ano

Para a safra de 2016, a Nardini prevê alcançar a moagem de 4,5 milhões de toneladas. “Além dos novos fornecedores, impulsionamos nossos investimentos na área de tratos culturais e plantio para que possamos atingir esse aumento de produtividade”, revela o executivo.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X